top of page
  • Foto do escritorGabriel Menezes

Psicografia, como é ser um "Carteiro do Além"?

Você já sentiu tremores ou formigamento nas mãos quando estava em um profundo estado de relaxamento?


Já percebeu movimentos involuntários e espasmódicos das mãos durante a escrita? A caligrafia e o formato das suas letras, às vezes, sofrem mudanças rápidas e involuntárias?


Você sente uma necessidade constante de escrever sobre assuntos sobre os quais você não possui conhecimento e nem interesse?


Estes são alguns exemplos dos diversos sinais da mediunidade psicográfica. Fique comigo até o final deste artigo para aumentar ainda mais o seu entendimento da psicografia, seus sintomas e como desenvolvê-la!

Mediunidade de Psicografia

No artigo de hoje da série Educando a Sua Mediunidade, ao qual você poderá também encontrar uma sequência de vídeos na Playlist do meu canal no Youtube chamada 'Mediunidade para Todos', vamos aprender como é ser um médium de psicografia!



O Que é a Psicografia?


A mediunidade de psicografia é bastante conhecida, e atiça a imaginação de muitas pessoas. Afinal, temos exemplos de grandes médiuns, altamente desenvolvidos espiritualmente falando, muitos dos quais dedicam suas vidas inteiras a uma missão bastante altruísta.


A psicografia é a escrita feita por médiuns e ditada por espíritos desencarnados que se usam das mãos dos médiuns para escrever cartas e mensagens para os encarnados.


De acordo com o espiritismo, através do Livro dos Médiuns, a psicografia é classificada por Allan Kardec como um tipo de manifestação inteligente e que o seu mecanismo de funcionamento pode se dar de maneira consciente, semimecânica ou mecânica e intuitiva.


De maneira bem simplória, podemos dizer que a psicografia é a capacidade que um médium tem de escrever sob a influência direta ou intuitiva dos espíritos desencarnados.


A educação mediúnica pode proporcionar um nível maior de controle sobre a psicografia, diminuindo consideravelmente alguns inconvenientes gerados pela mediunidade reprimida ou descontrolada. Por isso, dedicar-se à educação da mediunidade pode causar uma melhoria na qualidade de vida dos médiuns, principalmente no caso dos médiuns ostensivos.


Como Funciona a Psicografia?


Existem 4 tipos de mediunidade psicográficas como citado anteriormente, elas são:

  • Mecânica, que é aquela quando o médium movimenta a sua mão e escreve sob influência direta do espírito, sem qualquer tipo de interrupção enquanto há comunicação. Ou seja, o médium permanece inconsciente;

  • Semimecânica, é aquela que o médium escreve sob influência do espírito mas com total consciência do que está sendo passado para o papel;

  • Consciente, também conhecida como escrita intuitiva ou escrita psíquica, é quando o médium atua como um intérprete, transmitindo o pensamento do espírito para o papel, não recebendo impulsos diretos em suas mãos; os pensamentos captados não são do médium, mas passam através do seu cérebro, por isso, precisa compreender o espírito, a fim de traduzi-lo fielmente.

  • Inspirada, é aquela que o médium recebe as mensagens em estado de êxtase, recebendo comunicações mentais estranhas às suas ideias e o que deixa isso claro é, sobretudo a espontaneidade e o caráter rico de informações como uma sinfonia, um livro, sem que o médium seja músico ou escritor.

Independente dessas tipicidades dentro da psicografia, o mecanismo pelo qual ela se desdobra é sempre o mesmo - o médium em um estado de transe ou êxtase recebe as mensagens dos espíritos que dele se afinizam ou buscam sua ajuda para transmitir uma mensagem escrita para seus entes queridos ainda encarnados.


Na psicografia mecânica, e em alguns casos na semi mecânica, o processo de conexão do médium com o espírito é tão grande que a caligrafia e a assinatura são idênticas a do espírito.


Como se trata de uma prática que vai sendo aprimorada com o tempo, é comum que os escritos melhorem e se tornem mais consistentes e semelhantes aos dos espíritos. No entanto, alguns espíritos se manifestam apenas com desenhos e rabiscos dependendo do seu nível de evolução.


É claro que estou falando de uma maneira bem superficial para facilitar a compreensão, e na medida do possível tento evitar assumir o papel de divulgador do Espiritismo, pois eu enxergo a realidade espiritual como um campo muito vasto e rico com perspectivas diferentes.


Por esse motivo, recomendo, após analisar diferentes doutrinas, tradições, crenças e perspectivas, o que deve imperar é a sua própria cosmovisão sobre o assunto. Lembre-se sempre disso, e trabalhe a sua evolução espiritual como desejar, inclusive de maneira autônoma e independente sem precisar recorrer a religiões.



Sinais da Mediunidade de Psicografia


A mediunidade por si só, possui uma miríade imensa de sinais, sinais que também variam de pessoa para pessoa.


Desta maneira, cada médium vai experimentar os seus sintomas com maior ou menor intensidade, e isto inclui a existência de sintomas muito individuais e particulares.


Os sinais também podem variar conforme o nível vibracional e de desenvolvimento do médium, e inclusive podem variar de acordo com o nível de evolução dos espíritos comunicantes.


Por isso quero deixar bem claro, que apesar de listar alguns dos sinais mais comuns da mediunidade psicográfica, é impossível esgotá-los aqui:

  • Arrepios, bocejos, sensações de eletricidade e toques pelo corpo;

  • Sensação de mudança de temperatura enquanto escreve (Frio e calor);

  • Tremores nas mãos (principalmente em estado de relaxamento);

  • Mudanças involuntárias na caligrafia (Quando você escreve normalmente e observa muitas diferenças no seu estilo de escrita);

  • Escrever palavras estranhas ao seu conhecimento;

  • Movimentos involuntários das mãos durante a escrita (na forma de espasmos);

  • Ouvir vozes pedindo que se efetue a escrita de mensagens;

  • Movimentos involuntários das mãos e outras extremidades;

  • Ter grande intuição e sentir a aproximação de entidades sempre que se dispõe a escrever qualquer coisa;

  • Sentir a necessidade constante de escrever sobre assuntos sobre os quais você não possui conhecimento e nem interesse;

  • Observar mudança constante de linguagem durante a escrita;

  • O texto flui e o tempo passa muito rápido quando você está escrevendo;

  • Mudança de personalidade enquanto escreve;

  • Perda de consciência durante a escrita de qualquer natureza;

  • Escrever coisas de maneira inconsciente;

  • O estilo da sua assinatura muda constantemente sem você perceber;

Existem diversos sintomas e neste caso você deve analisar atentamente quais você experimenta, verificando se existe a necessidade de buscar orientação médica para que se tire qualquer dúvida acerca da origem dos sintomas.

Afinal, muitos sintomas podem ter origem orgânica e a explicação espiritual deve vir somente após serem descartadas as possibilidades de qualquer desequilíbrio orgânico.



Como Educar e Desenvolver a Psicografia?


Informações psíquicas, assim como sabedorias inspiradoras e orientações do mundo espiritual, podem surgir a qualquer momento, ou em qualquer lugar.


Quando você está desenvolvendo a sua mediunidade, uma das melhores práticas é criar o seu próprio diário mediúnico. Ele não só irá registrar o seu progresso, como também será um manual de ensinamentos.


Você pode carregar este diário sempre consigo mesmo, ou ter outros diários em diferentes lugares, assim não importa onde você esteja, sempre haverá algo por perto para você escrever e registrar os flashes intuitivos, visões ou impressões que surgirem.


O seu diário será um recurso valioso para que você possa monitorar o seu progresso no futuro.


Segundo o Livro dos Médiuns, da doutrina espírita, tudo o que o médium precisa é de papel e um lápis. E antes de começar qualquer processo psicográfico é ideal que seja feita uma prece ou oração para se conectar somente com espíritos e consciências mais esclarecidas e elevadas. Ainda no Livro dos Médiuns, é recomendado que o médium mantenha a ponta do lápis apoiado sobre o papel, sem retirá-la.



Começando os Trabalhos Psicográficos


Sempre que você sentir um pensamento ou impressão inesperada vindo a sua mente, faça com que isso se torne uma extensão natural para ser canalizado em seu diário, ou folha de papel.


Faça desenhos ou símbolos das imagens que foram impressas em sua mente. Escreva afirmações que funcionam para você, assim como suas próprias metas pessoais e aspirações.


Registrar tudo e manter um diário é muito importante para você começar a perceber como você está reconhecendo e diferenciando seus pensamentos, de informações psíquicas ou mediúnicas.


Se você quiser realmente desenvolver essa habilidade, faça disso um ritual, sempre no mesmo horário, e pelo mesmo período de tempo, todos os dias. Isso fará com que seus mentores e guias comecem a se aproximar de você para te auxiliar no processo, canalizando informações através de você.


Antes de começar, você pode fazer uma prece ou oração, e em seguida alguns breves minutos de meditação para acessar Ondas Theta. E finalmente, apenas apoie a ponta do lápis sobre o papel, e deixe fluir para o papel qualquer coisa que vier à sua mente.


Uma das características mais marcantes dos médiuns psicográficos é a disciplina, e o comprometimento com a espiritualidade, eles geralmente levam pelo menos alguns anos de treinamento para publicar seus primeiros livros.


Inicialmente não fique preso em julgar aquilo que vem em sua mente como certo ou errado, ou mesmo criticando se a fonte é espiritual ou não. No começo o mais importante é fazer o esforço e ter a disciplina diária para ir descobrindo como o seu ‘eu’ psíquico e mediúnico recebe informações.


Quando você se compromete a criar uma rotina para desenvolver a sua psicografia, você também está se comprometendo com a espiritualidade que irá consequentemente te auxiliar neste processo.


Quando você olhar para trás e ver tudo o que foi registrado, você vai perceber que o destino não era importante, mas sim a jornada e tudo o que você aprendeu através dela.


Espero que este artigo tenha te ajudado a aprender um pouco mais sobre a psicografia.


Caso você ainda não tenha se inscrito no Canal do Youtube @Professor Gabriel Menezes, por favor se inscreva agora e ative o Sininho de Notificações para receber os vídeos e meditações novas que eu publico todos os dias lá pra vocês!


Gratidão é a palavra mais uma vez, e lembre-se sempre, você não está sozinho, somos todos UM!


E caso você queira contribuir com a sua doação se tornando um patrocinador do meu trabalho e tendo acesso a TODOS os meus Cursos e Imersões, por favor considere assinar o Desperta Club clicando sobre a imagem abaixo:


20 visualizações

Kommentare


bottom of page